Blog

28/02/2018

Melhor que ISO, só dois ISO.

International Organization for Standardization. Para quem não sabe, é isso que é ISO. Trata-se de uma entidade de padronização e normatização criada em Genebra (Suíça), em 1947, mas cuja importância se estende até agora, décadas depois, e tem influência real por todo o mundo.

A normatização ISO tem como objetivo melhorar a gestão de uma empresa e pode ser aplicada em conjunto com outras normas, como de segurança, saúde, sustentabilidade ambiental etc. O importante é que, para obter a certificação ISO, a empresa tem de cumprir certos requisitos, de forma adequada, e aplicando aos seus processos padrões específicos para um sistema de gestão e qualidade passa a ser certificada na ISO 9001.

Pela confiabilidade documentada, publicamente avalizada por uma instituição reconhecida, de credibilidade internacional, a certificação ISO tornou-se uma ferramenta estratégica para os negócios, usada na maioria dos países do mundo: mais de 1 milhão de empresas a adotam. De tempos em tempos, a normatização/certificação ISO é atualizada. A versão mais recente é a ISO 9001:2015 (sendo que o número que ver depois dos dois pontos registra o ano de atualização).

A Prosys, que independente de certificações sempre priorizou a qualidade das soluções que oferece, alinhou às exigências da ISO, e já faz algum tempo. Como forma de oferecer aos clientes uma comprovação adicional de seu compromisso com a excelência, a empresa já detinha o certificado conferido pelo órgão interrnacional.

 

Dando continuidade a este compromisso, neste ano de 2018 a Prosys obteve a recertificação ISO 9001:2015 de implementação e utilização de um Sistema de Gestão da Qualidade para a área de aplicação em que já a possuía:

Projeto de engenharia e de automação industrial e desenvolvimento de softwares para sistemas industriais, desenvolvidos nas instalações da empresa.

A nova certificação é válida até 2021 (12 de fevereiro) , o que significa que por 3 anos contamos com o respeitabilíssimo aval da ISO, reconhecimento ideal para uma dedicação à qualidade que realmente praticamos no dia a dia. Quando chegarmos lá, ao final desse período, certamente renovaremos este reconhecimento global.

Porque melhor que um ISO, só dois ISO. E melhor que dois, três.

Compartilhe: